Photobucket
"Sou um coração batendo no mundo"
Photobucket

Pombinha da Paz

"Por um mundo melhor"
Photobucket
"
Pombinha da Paz"
Se você quiser ajuda-la a dar volta ao mundo leve-a para seu blog também!
Você é oPhotobucket do Meu Cantinho no Japão...
Selinho de Participante....

Selinho de Participante...

♥ Corações ♥ do Meu Cantinho no Japão

sábado, 29 de dezembro de 2012

Feliz 2013



Quem teve a idéia de cortar o tempo em fatias, 
a que se deu o nome de ano, 
foi um indivíduo genial. 
...Industrializou a esperança 
fazendo-a funcionar no limite da exaustão.
Doze meses dão para qualquer ser humano 
se cansar e entregar os pontos. 
Aí entra o milagre da renovação e tudo começa outra vez 
com outro número e outra vontade de acreditar 
que daqui pra adiante vai ser diferente para você, 
desejo o sonho realizado. 
O amor esperado. 
...A esperança renovada.
Para você, 
desejo todas as cores desta vida. 
Todas as alegrias que puder sorrir. 
Todas as músicas que puder emocionar.

Para você neste novo ano, 
desejo que os amigos sejam mais cúmplices, 
que sua família esteja mais unida, 
que sua vida seja mais bem vivida.
Gostaria de lhe 
desejar tantas coisas 
mas nada seria suficiente… 
Então, desejo apenas que você tenha muitos desejos. 
Desejos grandes e que eles possam te mover a cada 
minuto, rumo a sua felicidade!
(Carlos Drummond de Andrade)
Amigos...
Compartilho com vocês parte  do Post do Denguinho da Nina sobre o Ano Novo( oshougatsu) no Japão...

 O  Ano-Novo japonês(oshougatsu ), é diferente do réveillon ocidental.Não se usa roupa branca, nem se brinda com champanhe...E nem se pula as sete ondas.
O Ano-Novo japonês, oshougatsu, é a comemoração mais importante do calendário do arquipélago. Além da passagem do ano velho e chegada do no­vo, a festa continua por mais três dias ou até uma semana. O comércio, os bancos e as empresas fecham suas portas em um feriado nacional.
Muitos japoneses até se dirigem às praias mais famosas do arquipélago, como a ilha de Odaiba, em Tokyo, pa­ra ver shows de artistas de J-pop ou dan­ças tradicionais, em uma festa que normalmente termina com uma queima de fogos. Con­si­derado sagrado pelos japoneses, o oshou­gatsu é, acima de tudo, uma data reservada para que a pessoa possa se purificar, fazer orações e dar boas-vindas ao ano que se inicia.
Muitas pessoas querem saber como dizer Feliz Ano Novo em japonês...Então vamos lá...
Leitura: kin ga shin nen
Tradução: feliz ano novo
Este termo só é usado em mensagens escritas (ex: nos postais de Boas Festas).
Na fala, usa-se o: “Shin nen Akemashite Omedetô Gozaimasu’ (Feliz Ano Novo)
Após o dia 1 de janeiro o Feliz Ano Novo diz se Akemashite Omedetô Gosaimasu. E para se despedir dos japoneses no fim do ano...dizemos..."Rainen mo yoroshiku né!" Que quer dizer: Conto com vocês no próximo ano....
Então, Amiguinhos "Rainen mo yoroshiku né!"
Eu e a Nina desejamos a todos vocês um Feliz 2013  repleto de Luz, Amor, Saúde e Prosperidade. 
Feliz Ano Novo! 
Photobucket
Photobucket


Oração de Ano Novo


Photobucket

ORAÇÃO DE ANO NOVO
Senhor Deus, dono do tempo e da eternidade,
teu é o hoje e o amanhã, o passado e o futuro.
Ao acabar mais um ano, quero te dizer obrigado
por tudo aquilo que recebi de Ti.
Obrigado pela vida e pelo amor, pelas flores, pelo ar
e pelo sol, pela alegria e pela dor,
pelo que é possível e pelo que não foi.
Ofereço-te tudo o que fiz neste ano, o trabalho
que pude realizar, as coisas que passaram pelas minhas mãos
e o que com elas pude construir.
Apresento-te as pessoas que ao longo destes meses amei,
as amizades novas e os antigos amores,
os que estão perto de mim e os que estão mais longe,
os que me deram sua mão e aqueles que pude ajudar,
os com quem compartilhei a vida, o trabalho, a dor e a alegria.
Mas também, Senhor, hoje quero Te pedir perdão.
Perdão pelo tempo perdido, pelo dinheiro mal gasto,
pela palavra inútil e o amor desperdiçado.
Perdão pelas obras vazias e pelo trabalho mal feito,
perdão por viver sem entusiasmo.
Também pela oração que aos poucos fui adiando
e que agora venho apresentar-te, por todos meus olvidos,
descuidos e silêncios, novamente te peço perdão.
Nos próximos dias começaremos um novo ano. Paro
a minha vida diante do novo calendário que ainda não se iniciou
e Te apresento estes dias,
que somente Tu sabes se chegarei a vivê-los.
Hoje, Te peço para mim, meus parentes e amigos, a paz e a alegria,
a fortaleza e a prudência, a lucidez e a sabedoria.
Quero viver cada dia com otimismo e bondade,
levando a toda parte um coração cheio de compreensão e paz.
Fecha meus ouvidos a toda falsidade e meus lábios a palavras
mentirosas, egoístas ou que magoem.
Abre, sim, meu ser a tudo o que é bom.
Que meu espírito seja repleto somente de bênçãos
para que as derrame por onde eu passar.
Senhor, a meus amigos que lêem esta mensagem,
enche-os de sabedoria, paz e amor. E que nossa amizade dure
para sempre em nossos corações.
Enche-me, também, de bondade e alegria, para que
todas as pessoas que eu encontrar no meu caminho
possam descobrir em mim um pouquinho de Ti.
Dá-nos um ano feliz, e ensina-nos a repartir felicidade.
Amém.
( A.D)

quarta-feira, 19 de dezembro de 2012

Feliz Natal! " Eu no seu Natal"

Photobucket

Feliz Natal Amigos...
Desejo do fundo do meu coração, que cada um de vocês tenham um Natal com muito Amor, Harmonia em Família, Prosperidade, Fé, União , Alegria, Amizade, Paz , Fraternidade, Bondade,  Saúde e muita Esperança.....

Compartilho com vocês esse lindo texto ....
Eu no Seu Natal
(Silvia Schmidt)

Veja-me como se eu fosse aquela verde árvore
que quer dar-lhe as cores da esperança
e, nas bolinhas coloridas o que sinto :

Photobucket
Na vermelha, o calor do carinho que tenho por você.

Na azul, a proteção dos Anjos aos quais peço por sua segurança.

Na amarela, cor do ouro, toda a prosperidade que lhe desejo.
Na roxa, a tristeza que sinto quando vejo você triste.
Na branca a Luz da Paz que eu quero para a sua Vida.
Quero ser um pouco seu Natal
Sinta-me em cada caixinha de presente, sorrindo com seu sorriso.
Nos laços coloridos, meus bons pensamentos enfeitando a sua casa.
Nas crianças que correm felizes, a energia positiva que lhe envio.
Nos brinquedos esparramados, a inocência que vejo em seu coração.
Nos abraços ou em solidão, a minha presença vibrando serenidade.
PhotobucketPhotobucketPhotobucketPhotobucketPhotobucket
PhotobucketPhotobucketPhotobucketPhotobucketPhotobucket
Nos sinos que tangem, ouça minha voz em orações pedindo a
Deus que lhe dê proteção e que afaste qualquer mal.
Esteja você onde estiver
Deixe-me ser um pouco seu Natal.

sábado, 8 de dezembro de 2012

Estatuto de Natal


Photobucket

Art. I: Que a estrela que guiou os Reis Magos para o caminho de Belém, guie-nos também nos caminhos difíceis da vida.

Art. II: Que o Natal não seja somente um dia, mas 365 dias.

Art. III: Que o Natal seja um nascer de esperança, de fé e de fraternidade.

Parágrafo único: Fica decretado que o Natal não é comercial e sim, espiritual.

Art. IV: Que os homens, ao falarem em crise, lembrem-se de uma manjedoura e uma estrela, que como bússola, apontem para o Norte da Salvação.

Art. V: Que no Natal, os homens façam como as crianças: dêem-se as mãos e tentem promover a paz.

Art. VI: Que haja menos desânimos, desconfianças, desamores, tristezas. E mais confiança no Menino Jesus.


Parágrafo único: Fica decretado que o nascimento de Deus Menino é para todos: pobres e ricos, negros e brancos.

Art. VII: Que os homens não sigam a corrida consumista de "ter", mas voltem-se para o "ser", louvando o Seu Criador.

Art. VIII: Que os canhões silenciem, que as bombas fiquem eternamente guardadas nos arsenais, que se ouça os anjos cantarem Glória a Deus no mais alto dos céus.

Parágrafo único: Fica decretado que o Menino de Belém deve ser reconhecido por todos os homens como Filho de Deus, irmão de todos!

Art. IX: Que o Natal não seja somente um momento de festas, presentes.

Art. X: Que o Natal dê a todos um coração puro, livre, alegre, cheio de fé e de amor.

Art. XI: Que o Natal seja um corte no egoísmo. Que os homens de boa vontade comecem a compartilhar, cada um no seu nível, em seu lugar, os bens e conquistas da civilização e cultura da humildade.

Art. XII: Que a manjedoura seja a convergência de todas as coordenadas das idéias, das invenções, das ações e esperanças dos homens para a concretização da paz universal.

Parágrafo único: Fica decretado que todos devem poder dizer, ao se darem as mãos:
 FELIZ NATAL!!!

Ermest Sarlet
Photobucket
Neste Natal eu desejo que a "Paz e a Harmonia" encontre moradia em todos os corações.
Que a Esperança seja um sentimento constante em cada ser que habita este planeta.
Desejo que o Amor e a Amizade prevaleça acima de todas as coisas materiais.
Que as Tristezas ou Mágoas, sejam banidas dos corações, dando lugar apenas ao Carinho.
Que a "Dor do Amor", encontre o remédio em outro Amor.
Que a "Dor Física", seja amenizada e que Deus esteja ao lado de todos, dando muita força, fé e resignação.
Que a Solidão seja Extinta, e no seu lugar se instale a Amizade Verdadeira, e o Companheirismo.
Que as pessoas procurem olhar mais a sua "Volta", e não tanto para "Si" mesma.
Que a Humildade e o Respeito residam na Alma e no Coração de todos. 
"Que saibamos Amar e Respeitar o Próximo como a nós mesmos".
Desejo também que meu pedido se realize não só neste Natal, mas em todos os dias de nossas vidas!
Desejo à  você,
UM FELIZ NATAL
E UM ANO NOVO CHEIO DE REALIZAÇÕES!
Photobucket Photobucket

sábado, 24 de novembro de 2012

DEFICIÊNCIAS & MUNDO SINGULAR


"Deficiente" é aquele que não consegue modificar sua vida, aceitando as imposições de outras pessoas ou da sociedade em que vive, sem ter consciência de que é dono do seu destino. 
"Louco" é quem não procura ser feliz com o que possui. 
"Cego" é aquele que não vê seu próximo morrer de frio, de fome, de miséria, e só tem olhos para seus míseros problemas e pequenas dores. 
"Surdo" é aquele que não tem tempo de ouvir um desabafo de um amigo, ou o apelo de um irmão. Pois está sempre apressado para o trabalho e quer garantir seus tostões no fim do mês. 
"Mudo" é aquele que não consegue falar o que sente e se esconde por trás da máscara da hipocrisia. 
"Paralítico" é quem não consegue andar na direção daqueles que precisam de sua ajuda. 
"Diabético" é quem não consegue ser doce. 
"Anão" é quem não sabe deixar o amor crescer. E, finalmente, a pior das deficiências é ser miserável, pois:
"Miseráveis" são todos que não conseguem falar com Deus. 

"A amizade é um amor que nunca morre."
 Mario Quintana (escritor gaúcho 30/07/1906 -05/05/1994).
Divagações Artísticas.... Ou Autísticas... 
Somos todos autistas, a gradação está nos rótulos
Quando me recuso a ter um autista em minha classe, em minha escola, alegando não estar preparado para isso, estou sendo resistente à mudança de rotina.
Quando digo a meu aluno que responda a minha pergunta como quero e no tempo que determino, estou sendo agressivo.
Quando espero que outra pessoa de minha equipe de trabalho faça uma tarefa que pode ser feita por mim, estou a usando como ferramenta.
Quando, numa conversa, me desligo, "viajo", estou olhando em foco desviante, estou tendo audição seletiva.
Quando preciso desenvolver qualquer atividade da qual não sei exatamente o que esperam ou como fazer, posso me mostrar inquieto ansioso e até hiperativo.
Quando fico sacudindo meu pé, enrolando meu cabelo com o dedo, mordendo a caneta ou coisa parecida, estou tendo movimentos estereotipados.
Quando me recuso a participar de eventos, a dividir minhas experiências, a compartilhar conhecimentos, estou tendo atitudes isoladas e distantes.
Quando nos momentos de raiva e frustração, soco o travesseiro, jogo objetos na parede ou quebro meus bibelôs, estou sendo agressivo e destrutivo.
Quando atravesso a rua fora da faixa de pedestres, me excedo em comidas e bebidas, corro atrás de ladrões, estou demonstrando não ter medo de perigos reais.
Quando evito abraçar conhecidos, apertar a mão de desconhecidos, acariciar pessoas queridas, estou tendo comportamento indiferente.
Quando dirijo com os vidros fechados e canto alto, exibo meus tiques nervosos, rio ao ver alguém cair, estou tendo risos e movimentos não apropriados.
Somos todos autistas. Uns mais, outros menos. O que difere é que em uns (os não rotulados), sobram malícia, jogo de cintura, hipocrisias e em outros (os rotulados) sobram autenticidade, ingenuidade e vontade de permanecer assim.

Fonte: Rede Saci
Autora: Scheilla Abbud Vieira 


Compartilho com vocês um trecho do livro " Mundo Singular"...O qual estou lendo  e recomendo...
MUNDO SINGULAR: 
Entenda o autismo
Autores: Dra. Ana Beatriz Barbosa Silva, Mayra Bonifacio Gaiato e Dr. Leandro Thadeu Reveles
Editora: Fontanar
Quando se ouve a palavra “autismo”, logo vem à mente a imagem de uma criança isolada em seu próprio mundo, contida numa bolha impenetrável, que brinca de forma estranha, balança o corpo para lá e para cá, alheia a tudo e a todos. Geralmente está associada a alguém "diferente" de nós, que vive à margem da sociedade e tem uma vida extremamente limitada, em que nada faz sentido. Mas não é bem assim. Esse olhar nos parece estreito demais: quando nós falamos em autismo, estamos nos referindo a pessoas com habilidades absolutamente reveladoras, que calam fundo na nossa alma, e nos fazem refletir sobre quem de fato vive alienado.

O autismo é um transtorno global do desenvolvimento infantil que se manifesta antes dos três anos de idade e se prolonga por toda a vida. Segundo a Organização das Nações Unidas (ONU) cerca de 70 milhões de pessoas no mundo são acometidas pelo transtorno, sendo que, em crianças, é mais comum que o câncer, a AIDS e o diabetes. Caracteriza-se por um conjunto de sintomas que afeta as áreas da socialização, comunicação e do comportamento, e dentre elas, a mais comprometida é a interação social. No entanto, isso não significa dizer, em absoluto, que a pessoa com autismo não consiga e nem possa desempenhar seu papel social de forma bastante satisfatória. Ao contrário, pretendemos, neste livro, não só esclarecer algumas dúvidas como também romper a visão obtusa e estigmatizada que a nossa sociedade ainda tem acerca desse "mundo singular". Compreender esse transtorno pode ser relativamente simples quando estamos dispostos a nos colocar no lugar do outro, a buscar a essência mais pura do ser humano e a resgatar a nobreza de realmente conviver com as diferenças. E, talvez seja esse o maior dos nossos desafios: aceitar o diferente e ter a chance de aprender com ele.


Escrito com grande sensibilidade e repleto de relatos de casos reais, Mundo Singular é um guia para pais, professores e profissionais de saúde cujo foco é o funcionamento mental da criança com autismo e os elementos que influenciam a sua vida: a família, a escola, o diagnóstico, o tratamento, a afetividade, as perspectivas futuras. Imbuído de uma compreensão global do transtorno, este livro revela que conviver com uma criança com autismo pode ser uma empreitada surpreendente e transformadora.. 

domingo, 18 de novembro de 2012

Domingo...



Domingo é o dia do descanso, do lazer, de fazer alguma coisa que lhe dê prazer. É dia de relaxar, jogar fora todas as preocupações e deixar-se ficar, sem obrigações, nem exigências, dando um tempo não apenas ao seu corpo físico, mas principalmente ao seu mundo mental.
É gostoso deixar-se ficar à vontade, sem tensão, nem rotina, sentindo-se de bem com a vida. Você consegue usufruir de um dia assim? Se consegue, parabéns! Desligar-se da inquietação do dia a dia renova energias, restabelece o equilíbrio, promove um melhor desempenho em todas as áreas. Todos nós temos necessidade de dar um tempo à agitação do mundo moderno, prestar atenção ao que sentimos, disciplinar nossa mente, manter a serenidade.
Em um mundo agitado como o nosso, viver em paz torna-se mais difícil a cada dia. O progresso encurtou distâncias e traz, em poucos segundos, notícias de todos os acontecimentos trágicos pulverizados e repetidos inúmeras vezes por todas as áreas de comunicação. Fica a impressão de que há certa morbidez em destacar o número de mortos, darem detalhes dramáticos de cada ocorrência, disputando um sensacionalismo dispensável, uma vez que, na maioria dos casos, não há nada que se possa fazer para ajudar os envolvidos.
Resta-nos o esforço de tentar preservar nossa integridade mental, buscar recursos que nos auxiliem a manter a serenidade e conservar certo otimismo. Ou aprendemos a agir nesse sentido, ou vamos mergulhar na depressão. Essa é a doença mais comum em nossos dias. Ela faz acreditar que o mal é inevitável e a verdade da vida é dor e sofrimento.
Isso não é verdade. A maioria tem uma vida normal, sem grandes tragédias, apenas com desafios naturais do próprio amadurecimento. Quem vê a vida com otimismo enfrenta os problemas, aprende com eles e melhora a cada dia. Já os dramáticos exageram os fatos, olham sempre o lado pior, temem o futuro, atraem energias negativas, criam a própria infelicidade.
Se você esta deprimido, tenso, ansioso, não consegue relaxar, é hora de abrir os olhos, cuidar melhor de si e mudar seu modo de ver. Torne-se otimista, mesmo que não acredite, comece a colecionar coisas positivas. Todas as coisas têm vários lados. Prefira ver o lado bom. Ajude alguém se puder, caso contrário entregue o caso nas mãos de Deus e esqueça. Confie na sabedoria da vida e projete coisas boas que deseja para o seu futuro. Plante para colher.
Usufrua seu domingo com alegria, seja com pessoas que você ama, seja se dando algo prazeroso, ou apenas se deixando ficar relaxado e alegre, de bem com a vida. Aproveite seu dia, seja feliz!
(Zibia Gasparetto)


domingo, 4 de novembro de 2012

A LENDA DO HORÓSCOPO CHINÊS


"Há  muito tempo atrás, Buda decidiu testar todos os animais, para ver quais eram os mais dignos de sua benção. Ele organizou um enorme banquete para a festa do Ano Novo, organizada no alto de uma colina, a qual para se alcançar era necessário cruzar um violento rio. Os 12 primeiros animais a chegar receberiam um presente de Buda.

Na véspera da festa, a Gato e o Rato combinaram que o primeiro a acordar na manhã seguinte deveria acordar o outro, para irem juntos à reunião. Entretanto, o Rato acorda atrasado e corre para a festa sozinho, se esquecendo de chamar o Gato, quebrando a promessa.

Apesar do atraso, o Rato é o primeiro a chegar, esperando diante do Rio, e pensando como iria atravessá-lo sem morrer afogado. Eis que surgem os outros animais: o Boi, o Tigre, o Coelho, o Dragão, a Serpente, o Cavalo, o Carneiro, o Macaco, o Galo, o Cão e o Javali. Os 12 Animais decidem se auxiliar para atravessar o Rio, mantendo a ordem de chegada.

O Rato sobe nas costas do Boi. O Tigre consegue atravessar sozinho. O Coelho é carregado pela garra do Dragão. O Cavalo atravessa sozinho. O Carneiro leva o Macaco, que por sua vez carrega o Galo. O Cão e o Javali atravessam sozinhos. O Gato acaba chegando até a margem do rio, depois que todos já haviam atravessado. No entanto, seu pavor de água o impede de atravessar, e este fica miando, sozinho.
Buda fica satisfeito ao ver os 12 Animais juntos, trabalhando em harmonia, e após o banquete dá seu presente. Atribui cada animal, por ordem de chegada, a um ano, fazendo deles seres divinos abençoados pelo poder do Wu Xing (as 5 Fases, ou 5 Elementos): Madeira, Fogo, Terra, Metal e Água."

Rato
Jan 31, 1900 - Fev 18, 1901 - Metal
Fev 18, 1912 - Fev 05, 1913 - Água
Fev 05, 1924 - Jan 24, 1925 - Madeira
Jan 24, 1936 - Fev 10, 1937 - Fogo
Fev 10, 1948 - Jan 28, 1949 - Terra
Jan 28, 1960 - Fev 14, 1961 - Metal
Fev 15, 1972 - Fev 02, 1973 - Água
Fev 02, 1984 - Fev 19, 1985 - Madeira
Fev 19, 1996 - Fev 06, 1997 - Fogo
Fev 06, 2008 - Jan 25, 2009 - Terra

Boi 
Fev 19, 1901 - Fev 07, 1902 - Metal
Fev 06, 1913 - Jan 25, 1914 - Água
Jan 24, 1925 - Fev 12, 1926 - Madeira
Fev 11, 1937 - Jan 30, 1938 - Fogo
Jan 29, 1949 - Fev 16, 1950 - Terra
Fev 15, 1961 - Fev 04, 1962 - Metal
Fev 03, 1973 - Jan 22, 1974 - Água
Fev 20, 1985 - Fev 08, 1986 - Madeira
Fev 07, 1997 - Jan 27, 1998 - Fogo
Jan 26, 2009 - Fev 13, 2010 - Terra

Tigre
Fev 08, 1902 - Jan 28, 1903 - Água
Jan 26, 1914 - Fev 13, 1915 - Madeira
Fev 13, 1926 - Fev 01, 1927 - Fogo
Jan 31, 1938 - Fev 18, 1939 - Terra
Fev 17, 1950 - Fev 05, 1951 - Metal
Jan 05, 1962 - Fev 24, 1963 - Água
Fev 23, 1974 - Jan 10, 1975 - Madeira
Fev 09, 1986 - Jan 28, 1987 - Fogo
Jan 28, 1998 - Fev 15, 1999 - Terra
Fev 14, 2010 - Fev 02, 2011 - Metal

Coelho
Jan 29, 1903 - Fev 15, 1904 - Água
Fev 14, 1915 - Fev 02, 1916 - Madeira
Fev 02, 1927 - Jan 22, 1928 - Fogo
Fev 19, 1939 - Fev 07, 1940 - Terra
Fev 06, 1951 - Jan 26, 1952 - Metal
Jan 25, 1963 - Fev 12, 1964 - Água
Fev 11, 1975 - Jan 30, 1976 - Madeira
Jan 29, 1987 - Fev 16, 1988 - Fogo
Fev 16, 1999 - Fev 04, 2000 - Terra
Fev 03, 2011 - Jan 22, 2012 - Metal

Dragão
Fev 16, 1904 - Fev 03, 1905 - Madeira
Fev 04, 1916 - Jan 22, 1917 - Fogo
Jan 23, 1928 - Fev 09, 1929 - Terra
Fev 08, 1940 - Jan 26, 1941 - Metal
Jan 27, 1952 - Fev 13, 1953 - Água
Fev 13, 1964 - Fev 01, 1965 - Madeira
Jan 31, 1976 - Fev 17, 1977 - Fogo
Fev 17, 1988 - Fev 05, 1989 - Terra
Fev 05, 2000 - Jan 23, 2001 - Metal
Jan 23, 2012 - Fev 09, 2013 - Água

Serpente
Fev 04, 1905 - Jan 24, 1906 - Madeira
Jan 23, 1917 - Fev 10, 1918 - Fogo
Fev 10, 1929 - Jan 29, 1930 - Terra
Jan 27, 1941 - Fev 14, 1942 - Metal
Fev 14, 1953 - Fev 02, 1954 - Água
Fev 02, 1965 - Jan 20, 1966 - Madeira
Fev 18, 1977 - Fev 06, 1978 - Fogo
Fev 06, 1989 - Jan 26, 1990 - Terra
Jan 24, 2001 - Fev 11, 2002 - Metal
Fev 10, 2013 - Jan 30, 2014 - Água

Cavalo
Jan 25, 1906 - Fev 12, 1907 - Fogo
Fev 11, 1918 - Jan 31, 1919 - Terra
Jan 30, 1930 - Fev 16, 1931 - Metal
Fev 15, 1942 - Fev 04, 1943 - Água
Fev 03, 1954 - Jan 23, 1955 - Madeira
Jan 21, 1966 - Fev 08, 1967 - Fogo
Fev 07, 1978 - Jan 27, 1979 - Terra
Jan 27, 1990 - Fev 14, 1991 - Metal
Fev 12, 2002 - Jan 31, 2003 - Água
Jan 31, 2014 - Fev 18, 2015 - Madeira

Carneiro

13/02/1907 a 01/02/1908 - Fogo
01/02/1919 a 19/02/1920 - Terra
17/02/1931 a 05/02/1932 - Metal
05/02/1943 a 24/01/1944 - Água
24/01/1955 a 11/02/1956 - Madeira
09/02/1967 a 29/01/1968 - Fogo
28/01/1979 a 15/02/1980 - Terra
15/02/1991 a 03/02/1992 - Metal
01/02/2003 a 21/01/2004 - Água
19/02/2015 a 07/02/2016 - Madeira

Macaco

Fev 02, 1908 - Jan 21, 1909 - Terra
Fev 20, 1920 - Fev 07, 1921 - Metal
Fev 06, 1932 - Jan 25, 1933 - Água
Jan 25, 1944 - Fev 12, 1945 - Madeira
Fev 12, 1956 - Jan 30, 1957 - Fogo
Jan 30, 1968 - Fev 16, 1969 - Terra
Fev 16, 1980 - Fev 04, 1981 - Metal
Fev 04, 1992 - Jan 22, 1993 - Água
Jan 22, 2004 - Fev 08, 2005 - Madeira
Fev 08, 2016 - Jan 27, 2017 - Fogo

Galo
Jan 22, 1909 - Fev 09, 1910 - Terra
Fev 08, 1921 - Jan 27, 1922 - Metal
Jan 26, 1933 - Fev 13, 1934 - Água
Fev 13, 1945 - Fev 01, 1946 - Madeira
Jan 31, 1957 - Fev 17, 1958 - Fogo
Fev 17, 1969 - Fev 05, 1970 - Terra
Fev 05, 1981 - Jan 24, 1982 - Metal
Jan 23, 1993 - Fev 09, 1994 - Água
Fev 09, 2005 - Jan 28, 2006 - Madeira
Jan 28, 2017 - Fev 15, 2018 - Fogo

Cão
Fev 10, 1910 - Jan 29, 1911 - Metal
Jan 28, 1922 - Fev 15, 1923 - Água
Fev 14, 1934 - Fev 03, 1935 - Madeira
Fev 02, 1946 - Jan 21, 1947 - Fogo
Fev 18, 1958 - Fev 07, 1959 - Terra
Fev 06, 1970 - Jan 26, 1971 - Metal
Jan 25, 1982 - Fev 12, 1983 - Água
Fev 10, 1994 - Jan 30, 1995 - Madeira
Jan 29, 2006 - Fev 17, 2007 - Fogo
Fev 16, 2018 - Fev 04, 2019 - Terra

Javali
Jan 30, 1911 - Fev 17, 1912 - Metal
Fev 16, 1923 - Fev 04, 1924 - Água
Fev 04, 1935 - Jan 23, 1936 - Madeira
Jan 22, 1947 - Fev 09, 1948 - Fogo
Fev 08, 1959 - Jan 27, 1960 - Terra
Jan 27, 1971 - Fev 14, 1972 - Metal
Fev 13, 1983 - Fev 01, 1984 - Água
Jan 31, 1995 - Fev 18, 1996 - Madeira
Fev 18, 2007 - Fev 06, 2008 - Fogo

Elementos

Metal: são pessoas decididas e fortes, dispostas a enfrentar qualquer tipo de batalha para atingir seus objetivos. São sujeitas a paixões e emoções fortes.

Água: são conduzidas pela emoção, revelando muita sensibilidade e percepção. Altamente espiritualizadas, são capazes de captar subtilezas na natureza e nas pessoas, tornando-as profundas conhecedoras da alma humana.

Madeira: são privilegiadas mentalmente, pertencendo à categoria dos intelectuais, filósofos e pensadores, preocupados com a moral e com a ética em seus relacionamentos.

Fogo: governam pessoas e demonstram muita segurança e poder de decisão. São emocionalmente instáveis, podendo explodir com relativa facilidade, revelando um temperamento colérico e inflamado.

Terra: pessoas voltadas para as questões práticas e funcionais da vida, um tanto passivas em relação ao mundo a sua volta, sofrendo influências e pouco influenciando, mas marcando sua passagem pelo esforço e pelo trabalho.

*O gato, que chegou atrasado, não teve chance de ser enquadrado no horóscopo chinês e em substituição Buda escolhera o coelho.
Indignado, traído pelo seu amigo rato, até hoje não pode nem ver a sua sombra que ele o ataca.
Para recuperar a confiança perdida e o orgulho, o gato começou a se dedicar de corpo e alma aos seres humanos, trazendo muitos fregueses para que os negócios prosperassem, e acima de tudo, se tiver alguém com olho gordo, o gato o elimina com aquele olhar profundo e suave.
Esse felino, depois de longos anos de convívio com o ser humano, é excelente companheiro, sobretudo por ser silencioso e saber respeitar os direitos do dono, desde que este saiba respeitar os seus.*
Ano de 2013 será o ano da Serpente...
http://mesoderme.blogspot.
http://www.sonoo.com.br/
imagens: sandramitsue


domingo, 28 de outubro de 2012

A Net fica triste quando..


A Net fica triste quando você cai em si e percebe que nunca chegará a conhecer aquela pessoa que se tornou especial, marcando presença na sua telinha quase todos os dias.
A Net fica triste quando, por mais que você escreva, você não pode apertar uma mão, enxugar uma lágrima.
A Net fica triste quando as pessoas somem da sua telinha sem explicação. Você sabe que elas estão por aí porque as linhas se cruzam, mas não sabe porque o amigo, a amiga de ontem deixaram de apreciar sua presença virtual... e bem sabemos que cobrar não é de bom tom.
A Net fica triste quando não podemos ver nos olhos das pessoas queridas o brilho que somente o face a face permitiriam conhecer.
A Net fica triste quando você ouve alguém dizer: Ah...mas isto é virtual, não dá para levar a sério! Quer dizer então que a troca de sentimentos, as confidências, os desabafos não valem nada? Não são para serem levados a sério?
A Net fica triste quando impera a lei do descompromisso, da neutralidade, do não misturar as estações, como se tivéssemos duas caras: uma voltada para o lado de fora, que é onde devemos fincar os pés, outra voltada para o lado de dentro da tela, vivenciada como a segunda opção de importância questionável e relativa.
Bem, a Net é assim e continuará sendo assim. É da natureza dela ser imensa, gigantesca, oceânica, excessiva. Nela nos diluímos como gotinhas perdidas em mar encapelado.
Jamais poderemos saber qual a onda mais forte que levará para longe de nós as gotinhas de amigos, amigas, amores, afetos que gostaríamos de manter sempre juntinhos de nós... mesmo sem nunca tê-los visto, mesmo sem nunca tê-los abraçado, mesmo sem nunca ter enxugado suas lágrimas, apertado suas mãos ou visto o brilho de seus olhos.
E, no entanto, há milhares de pessoas para quem a Net não é a segunda opção, mas a única opção de alegria, aprendizagem, expressão, troca de afetos, porque suas realidades são por demais tristes e desbotadas.
Não queira ter aqui um milhão de amigos! Não pratique a lei do descomprometimento virtual. Tenha aqui poucos afetos, mas que sejam cultivados e tornem-se gotinhas que caminharão juntas e inseparáveis, mesmo em face à dimensão oceânica deste que ainda é um milagre chamado Net.
Fátima Irene Pinto

"Selinhos mais que especiais"

Recebi esse premio Dardos da amiga Simone Prado do blog "FLORES NO JARDIM"...
O prêmio Dardos,prestigiado e desejado no mundo dos blogs,reconhece o mérito diário a cada blogueiro que com amor e dedicação faz espalhar o seu conhecimento e criatividade,tornando-o disponível para todos na web.
De acordo com as regras devemos:
Exibir a imagem do selo no blog.
Colocar o link do blog de quem se recebeu o prêmio.
Escolher outros blogues para receber o Selo Dardos.
Avisar os escolhidos
É muito difícil escolher entre tantos amigos e eu normalmente não costumo postar selinhos. Mas a Simone deixou um comentário tão carinhoso ...que não resisti...
Recebi também da Amiga Lelê do blog "Art by Lelê" esse outro selinho...Com regrinhas simples de indicar 7 blogs que faz "ARTE"
Da amiga Nádia Santos do blog " Gritos da Alma" recebi  esse selo...
E da Sisi do Blog "Comida da Sisi" também recebi esse lindo selinho...
Os selinhos " versatile blogger"  tem como regrinha postar 7 coisas que eu gosto...
Então vamos lá: As 7 coisas que eu gosto são:
1- Caminhar
2- Ler 
3- Navegar na internet
4- Curtir a natureza
5- Curtir os animais
6- Ouvir música
7- Assistir um bom filme
Não  costumo indicar blogs ..Deixo a critério de quem quer participar...E todos vocês são merecedores...
Sintam-se a vontade para levar  o selinho à sua escolha...
Amigas...Simone, Lelê, Nádia e Sisi...Agradeço o carinho.
"Domo Arigatou Gosaimasu"
Beijos!
San...

domingo, 14 de outubro de 2012

Tempo Certo


De uma coisa podemos ter certeza:
de nada adianta querer apressar as coisas;
tudo vem ao seu tempo,
dentro do prazo que lhe foi previsto.
Mas a natureza humana não é muito paciente.
Temos pressa em tudo e aí acontecem
os atropelos do destino,
aquela situação que você mesmo provoca,
por pura ansiedade de não aguardar o tempo certo. Mas alguém poderia dizer:
Qual é esse tempo certo?

Bom, basta observar os sinais.
Quando alguma coisa está para acontecer
ou chegar até sua vida,
pequenas manifestações do cotidiano
enviarão sinais indicando o caminho certo.
Pode ser a palavra de um amigo,
um texto lido, uma observação qualquer.
Mas, com certeza, o sincronismo se encarregará
de colocar você no lugar certo,
na hora certa, no momento certo,
diante da situação ou da pessoa certa. 

Basta você acreditar que nada acontece por acaso. Talvez seja por isso que você esteja
agora lendo estas linhas. 
Tente observar melhor o que está a sua volta.
Com certeza alguns desses sinais
já estão por perto e você nem os notou ainda. 
Lembre-se, que o universo sempre
conspira a seu favor quando você possui um
objetivo claro e uma disponibilidade de crescimento.
(Paulo Coelho)

quinta-feira, 11 de outubro de 2012

Feliz Dia das Crianças

Ser Criança

Ser criança é achar que o mundo é feito de fantasias, sorrisos e brincadeiras.
Ser criança é comer algodão doce e se lambuzar.
Ser criança é acreditar num mundo cor de rosa, cheio de pipocas.
É ser inesquecivelmente feliz com muito pouco.
É se tornar gigante diante de gigantescos pequenos obstáculos.
Ser criança é fazer amigos antes mesmo de saber o nome deles.
É conseguir perdoar muito mais fácil do que brigar.
Ser criança é ter o dia mais feliz da vida, todos os dias.
Ser criança é estar de mãos dadas com a vida na melhor das intenções.
É acreditar no momento presente com tudo o que oferece, é aceitar o novo e desejar o máximo.
Ser criança é chorar sem saber porque.
Ser criança é estar em constante estágio de aprendizado, é querer buscar e descobrir verdades sem a armadura da dúvida.
Ser criança é olhar e não ver o perigo.
Ser criança é ter um riso franco esparramado pelo rosto, mesmo em dia de chuva, é adorar deitar na grama, ver figuras nas nuvens e criar histórias.
Ser criança é colar o nariz na vidraça e espiar o dia lá fora.
É gostar de casquinha de sorvete, de bolo de chocolate, de passar a ponta do dedo no merengue.
Ser criança é acreditar, esperar, confiar.
E é ter coragem de não ter medo.
Ser criança é querer ser feliz.
Ser criança é saber embrulhar desapontamentos e abrir caixinhas de surpresas.
Ser criança é sorrir e fazer sorrir.
Ser criança é ter sempre uma pergunta na ponta da língua e querer muito todas as respostas.
Ser criança é misturar sorvete com televisão, computador com cheiro de flor, passarinho com goma de mascar, lágrimas com sorrisos.
Ser criança é errar e não assumir o erro.
Ser criança é habitar no país da fantasia, viver rodeado de personagens imaginários, gostar de quem olha no olho e fala baixo.
Ser criança é pedir com os olhos.
Ser criança é gostar de sentar na janela e detestar a hora de ir para a cama.
Ser criança é cantar fora do tom e dar risadas se alguém corrige.
Ser criança é ser capaz de perdoar e anestesiar a dor com uma dose de sabedoria genuína e peculiar.
Ser criança é andar confiante por caminhos difíceis e desconhecidos na ânsia de desvendar mistérios.
Ser criança é acreditar que tudo é possível.
Ser criança é gostar da brincadeira, do sonho, do impossível.
Criança é saber nada e poder tudo.
Ser criança é detestar relógios e compromissos.
É ter pouca paciência e muita pressa.
E ser criança é, também, ser o adulto que nunca esqueceu da criança que foi um dia.
O adulto que consegue se reencontrar com a criança que ainda vive no seu íntimo e mais precioso território.
Aquele pedaço que justifica todos os percalços e que dignifica todos os tropeços.
A ingenuidade restaurada no dia-a-dia e que o transforma em herói ao reler as histórias de sua própria vida, narradas pela criança que o abraça, nas entrelinhas de um tempo que permanece imutável porque sagrado.
O tempo do princípio, da origem, da própria essência.
(A.d)
Photobucket


sábado, 6 de outubro de 2012

Mujin hanbai - Vendas em barracas sem atendentes

 Curiosidades do Japão
Mujin hanbai – sistema de vendas em barracas sem atendentes - Os ocidentais sempre se mostraram surpresos e espantados com este sistema japonês de venda de mercadoria nos dias de hoje. Funciona!
Isto faz parte da cultura e tradições dos japoneses.  Virtudes como confiança, integridade, honestidade são emanados desde a tenra idade, fazendo parte da educação do povo japonês, há gerações.



O território japonês é pequeno. Por isso mesmo, mais de 70% dos produtos agrícolas consumidos no país são importados. A produção interna abastece o mercado com verduras, legumes e frutas, normalmente em saquinhos contendo porção para uma família de 2 a 3 pessoas.
Nos supermercados além da variedade de produtos, separados e embalados por peso, encontramos caixas eletrônicos com scaner, que facilita a checagem de preço de verduras e frutas frescas, reduzindo o trabalho de etiquetagem destas mercadorias, e facilitando na rápida passagem dos caixas eletrônicos.


Também em alguns supermercados estão instalados caixas eletrônicos sem atendentes, ou seja, o próprio cliente manuseia a caixa registradora e efetua o pagamento.


Recentemente, as lojas de conveniência KONBINI também passaram a vender verduras, legumes, frutas, ovos, em pequena quantidade, facilitando os clientes por estar atendendo 24 horas por dia.
Temos empresas como ITOYOKADO, que tem um serviço de atendimento online, onde o cliente escolhe a mercadoria e recebe em casa. O serviço é mediante cadastro. Ideal para mães com bebês pequenos, pessoas idosas que não tem facilidade de locomoção e outros, facilitando a vida. Quem tiver interesse poderá acessar este link http://www.itoyokado.co.jp/net/index.html


Barracas de vendas sem atendente – Mujin hanbai - 
Não se trata de máquinas automáticas que vendem produtos, encontrados em qualquer lugar do Japão. As barracas de vendas sem atendentes, 無人販売 【むじんはんばい】, conhecidas como MUJIN HANBAI, são barracas de construção bem simples, onde são colocados mercadorias, normalmente verduras e frutas frescas para venda. O comprador escolhe a mercadoria, e coloca no lugar indicado (um prato, uma bacia, uma caixa) o dinheiro correspondente à compra e vai embora. Ninguém atende neste tipo de comércio.
São agricultores locais, que logo de manhã, deixam verduras frescas para vendas. No final da tarde, recolhe o dinheiro arrecadado.  Qual a garantia de que os vendedores não serão roubados, ou que receberão de seus compradores? Neste aspecto não existe nenhuma garantia para os donos das barraquinhas. Eles contam apenas da honestidade dos clientes (muitas vezes desconhecidos), qualidade essa que os japoneses prezam muito.

Este sistema de vendas é muito antigo. Lavradores e agricultores, muito ocupados não tinham tempo para ficar vendendo as mercadorias que muitas vezes não são aceitas nos grandes mercados por estarem fora do padrão de estética, peso, cor ou outro requisito solicitado. Alguns produzem para consumo familiar e o excedente é colocado à venda, para gerir fundos para a compra de novas sementes.
No interior do Japão é muito comum encontrar estas barracas, mas nas cidades também encontramos. Em Nerima, Tokyo, por exemplo, os comerciantes tem uma homepage com mapa indicando onde podemos encontrar estas barracas.

Mapa com a localização de barracas de vendas de verduras em Nerima, Tokyo * http://yasai.nerima-web.com/allma/

Os ocidentais sempre se mostraram surpresos e espantados com este sistema japonês de venda de mercadoria nos dias de hoje. Funciona! Isto faz parte da cultura e tradições dos japoneses.  Virtudes como confiança, integridade, honestidade são emanados desde a tenra idade, fazendo parte da educação do povo japonês, há gerações.
Em conjunto com os aparatos ultra modernos e tecnológicos de vendas no Japão, encontramos também este sistema de vendas baseados na simplicidade, na humildade, na gentileza.




Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...