Photobucket
"Sou um coração batendo no mundo"
Photobucket

Pombinha da Paz

"Por um mundo melhor"
Photobucket
"
Pombinha da Paz"
Se você quiser ajuda-la a dar volta ao mundo leve-a para seu blog também!
Você é oPhotobucket do Meu Cantinho no Japão...
Selinho de Participante....

Selinho de Participante...

♥ Corações ♥ do Meu Cantinho no Japão

domingo, 12 de agosto de 2012

Tenho aprendido com o tempo...


Photobucket

Tenho aprendido com o tempo que a felicidade vibra na frequência das coisas mais simples. Que o que amacia a vida, acende o riso, convida a alma pra brincar, são essas imensas coisas pequeninas bordadas com fios de luz no tecido áspero do cotidiano. Como o toque bom do sol quando pousa na pele. A solidão que é encontro. O café da manhã com pão quentinho e sonho compartilhado. A lua quando o olhar é grande. A doçura contente de um cafuné sem pressa. O trabalho que nos erotiza. Os instantes em que repousamos os olhos em olhos amados. O poema que parece que fomos nós que escrevemos. A força da areia molhada sob os pés descalços. O sono relaxado que põe tudo pra dormir. A presença da intimidade legítima. A música que nos faz subir de oitava. A delicadeza desenhada de improviso. O banho bom que reinventa o corpo. O cheiro de terra. O cheiro de chuva. O cheiro do tempero do feijão da infância. O cheiro de quem se gosta. O acorde daquela risada que acorda tudo na gente. Essas coisas. Outras coisas. Todas, simples assim.

Tenho aprendido com o tempo que a mediocridade é um pântano habitado por medos famintos, ávidos por devorar o brilho dos olhos e a singularidade da alma. Que grande parte daquilo em que juramos acreditar pode ser somente crença alheia que a gente não passou a limpo. Que pode haver algum conforto no acordo tácito da hipocrisia, mas ele não faz a vida cantar. Que se não tivermos um olhar atento e generoso para os nossos sentimentos, podemos passar uma jornada inteira sem entrar em contato com o que realmente nos importa. Que aquilo que, de fato, nos importa, pode não importar a mais ninguém e isso não tem importância alguma. Que enquanto não nos conhecermos pelo menos um pouquinho, rabiscaremos cadernos e cadernos sem escrever coisa alguma que tenha significado para nós.

Tenho aprendido com o tempo que quando julgamos falamos mais de nós do que do outro. Que a maledicência acontece quando o coração está com mau hálito. Que o respeito é virtude das almas elegantes. Que a empatia nasce do contato íntimo com as nuances da nossa própria humanidade. Que entre o que o outro diz e o que ouvimos existem pontes ou abismos, construídos ou cavados pela história que é dele e pela história que é nossa. Que o egoísmo fala quando o medo abafa a voz do amor. Que a carência se revela quando a autoestima está machucada. Que a culpa é um veneno corrosivo que geralmente as pessoas não gostam de ingerir sozinhas. Que a sala de aula é a experiência particular e intransferível de cada um.

Tenho aprendido com o tempo coisas que somente com o tempo a gente começa a aprender. Que o encontro amoroso, para ser saudável, não deve implicar subtração: deve ser soma. Que há que se ter metas claras, mas também a sabedoria de não se transformar a vida numa sala de espera. Que a espontaneidade e a admiração são os adubos naturais que fazem as relações florescerem. Que olhar para o nosso medo, conversar com ele, enchê-lo de cuidado amoroso quando ele nos incomoda mais, levá-lo para passear e pegar sol, é um caminho bacana para evitar que ele nos contraia a alma.

Tenho aprendido que se olharmos mais nos olhos uns dos outros do que temos feito, talvez possamos nos compreender melhor, sem precisar de muitas palavras. Que uma coisa vale para todo mundo: apesar do que os gestos às vezes possam aparentar dizer, cada pessoa, com mais ou menos embaraço, carrega consigo um profundo anseio de amor. E, possivelmente, andará em círculo, cruzará desertos, experimentará fomes, elegerá algozes, posará de vítima para várias fotos, pulará de uma ilusão a outra, brincará de esconde-esconde com a vida, até descobrir onde o tempo todo ele está.

Ana Jácomo


23 comentários:

  1. Bom Diaaa!!
    Amei seu texto e concordo
    em parte, sinto o ser humano,
    cheio de medos, insegurança.
    Banalizou a violencia, a morte
    e priorizou as ilusões, esquecendo
    de DEUS! Isso é muito forte, intenso.
    Ja não temem o Criador, isso é mau!!
    As vezes, me sinto inutil, pois quero
    fazer o bem, ser gentil, AMAR o proximo,
    mas a maioria não acredita nesse amor sincero,
    acha que sempre tem segundas intenções...
    Mas acabo por me tornar egoista, pois sinto
    que fiz a minha parte e pronto!
    E não deveria ser assim, as pessoas deveriam
    acreditar no meu Amor realmente!
    Enfim, DEUS esta sempre na vigilia, e somente
    ele nos compreende, sabe de todos os nosso medos,verdades e Vida! Acredito e tenho fé nele!
    Bjinhos carinhosos!

    ResponderExcluir
  2. Um belo texto com muita reflexão para nós seres humanos. Bom avaliarmos nossas atitudes pois sempre é necessário mudar e para melhor. Beijos Sandra e até.

    ResponderExcluir
  3. Olá Sandra,passando para respirar esses bons ares do Japão!
    Lindo texto! Devemos ter muita fé e acreditar no amor!!
    Uma boa semaninha
    Bjs
    Amara

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. Simplicidade rima com sinceridade e são dois alicerces para uma vida feliz, íntegra e autêntica. Não tenho dúvida alguma. Foi assim que me encontrei. E, sou feliz!
    Bj. Célia.

    ResponderExcluir
  6. Oi Linda Sandra!
    Lindo texto! Obrigada por partilhar!
    PARABÉNS pelo DENGUINHO DA NINA!!!
    É incrível a maneira que escreves, pois parece que o Blog da Nina é dela mesmo...rs... No início, deixava os comentários para a "Nina" sem inibição alguma; já quando chegava aqui, pensava...repensava... Pois queria escrever de uma maneira correta, rolava uma insegurança...hehe...
    Assim é essa tua amiga virtual! Um dia nos encontraremos, te admiro muito!
    Linda Semana, cheinha de Luz e Paz!
    Bjs no coração!

    ResponderExcluir
  7. Viver e aprender...será este o sentido da vida?
    adorei a reflexao
    bjs e linda semana

    ResponderExcluir
  8. Olá Sandra, tubo bem com você?

    Que bom vê-la de volta no Casa de Retalhos, e que bom vir aqui e ouvir essa sublime música e ler esse texto tão especial.

    Um grande abraço, e uma ótima semana pra você.

    ResponderExcluir
  9. Os textos de Ana Jácomo são sempre edificantes! Lindo!

    ResponderExcluir
  10. San, lindissimo texto... daqueles que faz bem a alma. Beijos

    ResponderExcluir
  11. Sandra, que lindo e verdadeiro esse texto!

    Estamos juntinhas nesse cantinho maravilhoso também!

    Dá um cheirinho e um beijinho na Nina!!

    Bjs e uma linda e iluminada semana!

    ResponderExcluir
  12. Oii Sandra, esse texto é fantástico, já li em algumas ocasiões e sempre descubro uma reflexão diferente que a maturidade vai nos trazendo! Adorei! bjossss

    ResponderExcluir
  13. Olá Sandra! Puxa, fiquei encantada com o seu cantinho!! É LINDO, tanto como o da Nina que já faz parte de mim e está lá dentro, do meu coração de tanto que me identifiquei com a gatinha!
    O texto é muito bonito, emocionante até! Fico pensando como tem tantas pessoas que possuem o dom da escrita e o dom de nos emocionar!!! Também não tenho esse dom magnífico, mas aprecio e admiro imensamente quem o tem!!! :)

    Muito obrigada amiga, agora não a perco de vista!
    Um grande beijo com todo o carinho do mundo!!!

    ResponderExcluir
  14. O tempo é um GRANDE SENHOR e sábio em toda sua extensão.
    Grande abraço e meu carinho!!!

    ResponderExcluir
  15. Olá Sandra...

    Muito Lindo!!!!

    Realmente viver na simplicidade, e aprender com as pequenas coisas...

    1000 Beijokinhas

    ResponderExcluir
  16. Sandra.

    Um texto de muita sabedoria.
    Estou conhecendo Ana Jácomo através dos seus posts.
    Lindos dias para você.

    Bjs.

    ResponderExcluir
  17. OI Sadra!
    Queria ser pessoal, como sempre sou com todos vcs, mas estou com a tendinite atacada nas mãos e braço direito, e esta difícil digitar por enquanto...li seu post,assim que melhorar tentarei voltar e dar minha opinião ok?
    Estou tendo que copiar e colar estas palavras para todos, me perdoem...SIMPLESMENTE QUERO ME FAZER PRESENTE EM SUA VIDA,não estou fazendo "de qualquer jeito" sei quem é vc... e apesar de meio "gualeba" estou por aqui... rsrsrs!
    Amo vc em Cristo!
    Abençoados dias para vc!
    Bju
    Marly

    ResponderExcluir
  18. Ôi San! Como está você? Este texto da Ana Jácomo é sensacional! A mensagem é linda! Parabéns pelo níver da Nininha! A festa foi linda! Mencionei o níver em meu post! Posso pedir teu voto pra minha gatinha
    Praguinha Nenê, que está participando
    do 6º Concurso Animal Virtual e já está
    lá no blog?
    Quinta e sexta-feiras iluminadas!
    Um abençoado e feliz final de semana!
    Abraço fraterno e carinhoso!
    Elaine Averbuch Neves
    http://elaine-dedentroprafora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  19. Oi, Sandra...muito lindo esse texto...

    Realmente, o tempo é maravilhoso!!

    Gosto de viver, gosto de ver o tempo passar suavemente...gosto de tudo o que o tempo traz...

    Tenha um lindo final de semana!!

    beijinhos,

    Lígia e turminha :))

    ResponderExcluir
  20. Oi Sandra!
    Adoro Ana Jácomo, inteira delicadeza, suavidade, otimismo para com a vida... e este é mais um de seus lindos textos...

    Ai, San, perdi o aniversário da Nina... peninha! tenho trabalhado muito e corrido bastante, mas deixo aqui o meu carinho por ela. Parabéns Nina querida!! só ao entrar aqui é que me lembrei...

    beijo, Sandra!!

    ResponderExcluir
  21. San, a Ana tem um jeito muito envolvente de escrever ,adorei esse texto do tempo, eu ja o conhecia li em outro blog outro dia.
    Bjs querida, faca com Deus e bom fim de semana .

    ResponderExcluir
  22. “A permanência de uma pessoa em nossa vida, seja em qualquer esfera de relacionamento é como uma Flor, frágil e especial. Se não a cultivarmos com dedicação e carinho ela murcha e desaparece mesmo deixado marcado seu perfume. O carinho de uma Amizade sincera fornece o calor dos sentimentos, aquece a alma e torna a vida mais bela e cheia de carinho...”
    Passei para lhe desejar um final de semana abençoado. Fica com Deus.

    ResponderExcluir

Deixe o seu ♥♥♥

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...