Photobucket
"Sou um coração batendo no mundo"
Photobucket

Pombinha da Paz

"Por um mundo melhor"
Photobucket
"
Pombinha da Paz"
Se você quiser ajuda-la a dar volta ao mundo leve-a para seu blog também!
Você é oPhotobucket do Meu Cantinho no Japão...
Selinho de Participante....

Selinho de Participante...

♥ Corações ♥ do Meu Cantinho no Japão

sábado, 19 de novembro de 2011

Os Pais Envelhecem



Talvez a mais rica, forte e profunda experiência da caminhada humana seja a de ter um filho. Ser pai ou ser mãe é provar os limites que constituem o sal e o mel do ato de amar alguém. Quando nascem, os filhos comovem por sua fragilidade, seus imensos olhos, sua inocência e graça. Eles chegam à nossa vida com promessas de amor incondicional. Dependem de nosso amor, dos cuidados que temos. E retribuem com gestos que enternecem. Mas os anos passam e os filhos crescem. Escolhem seus próprios caminhos, parceiros e profissões. Trilham novos rumos, afastam-se da matriz. O tempo se encarrega da formação de novas famílias. Os netos nascem. ENVELHECEMOS! E então algo começa a mudar. Os filhos já não têm pelos pais aquela atitude de antes. Parece que agora só os ouvem para fazerem críticas, reclamarem e apontarem-lhe falhas. Já não brilha mais nos olhos deles aquela admiração da infância. E isso é uma dor imensa para os pais. Por mais que disfarcem,todo pai e mãe percebe as mínimas faíscas no olho de um filho. Apenas passaram-se alguns anos e parece que foram esquecidos,os cuidados e a sabedoria que antes era referência para tudo na vida. Aos poucos, a atitude dos filhos se torna cada vez mais impertinente. Praticamente não ouvem mais os conselhos. A cada dia demonstram mais impaciência. Acham que os pais têm opiniões superadas, antigas. Pior é quando implicam com as manias, os hábitos antigos, as velhas músicas. E tentam fazer os velhos pais adaptarem-se aos novos tempos, aos novos costumes. Quanto mais envelhecem os pais, mais os filhos assumem o controle. Quando eles estão bem idosos, já não decidem o que querem fazer ou o que desejam comer e beber. Raramente são ouvidos quando tentam fazer algo diferente. Passeios, comida, roupas, médicos, tudo, passa a ser decidido pelos filhos. E, no entanto, os pais estão apenas idosos. Mas continuam em plena posse da mente. Por que então desrespeitá-los? Por que tratá-los como se fossem inúteis ou crianças sem discernimento? E, no entanto, no fundo daqueles olhos cercados de rugas, há tanto amor. Naquelas mãos trêmulas, há sempre um gesto que abençoa e acaricia. A cada dia que nasce, lembre-se, está mais perto o dia da separação. Um dia, o velho pai já não estará aqui. O cheiro familiar da mãe estará ausente. As roupas favoritas para sempre dobradas sobre a cama, os chinelos em um canto qualquer da casa. Então, valorize o tempo de agora com os pais idosos. Paciência com eles quando se recusam a tomar os remédios, quando falam interminavelmente sobre doenças, quando se queixam de tudo. Abrace-os apenas, enxugue as lágrimas deles, ouça as histórias, mesmo que sejam repetidas, e dê-lhes atenção, afeto... Acredite: Dentro daquele velho coração brotarão todas as flores da esperança e da alegria.
(Texto: do Momento Espírita)

video





31 comentários:

  1. Que post lindo, Sandra ! Meu pai viveu quase 84 anos e no fim da vida estava precisando de muita ajuda, foi uma fase bem difícil mas o mais difícil foi vê-lo partir aos poucos, como eu gostaria que ele ainda estivesse vivo ! Minha mãe já tem 80 anos e está com muita saúde porque sempre se cuidou bem e espero que ela ainda viva muitos anos com essa disposição. Infelizmente ela mora longe e nos vemos pouco, estou fazendo o possível para visitá-la com mais frequência. Por outro lado, meus filhos estão partindo, agora minha filha já dirige e não precisa mais tanto de mim...só do meu carro !!! A vida é assim mesmo, espero ter muita paciência quando minha mãe precisar de mim e que meus filhos sejam pacientes comigo, porque eu sempre fui muito paciente com eles.
    Beijos
    Laís

    ResponderExcluir
  2. Olá Sandra,

    Que texto maravilhoso...é assim mesmo, a falta de paciência e respeito muitas vezes toma conta das pessoas e as fazem tratar com desprezo e maus tratos os idosos....uma pena!!!
    Que possamos olhar com respeito, paciência e muito amor os nossos queridos idosos...

    Feliz Fim de Semana!!!
    1000 Beijokinhas

    ResponderExcluir
  3. O post é muito bonito, mas tem os seus pormenores se me permite esclarecer.
    É natural que os filhos queiram ser o oposto dos pais, pois até então eram os pais que obtinham o controle e esta rebeldia é apenas o reflexo de quem quer impor seu lugar no mundo, ser independente. Acho muito preocupante filhos que se tornam meras cópias dos pais e não assumem a própria personalidade, há muita tristeza por trás disto, acredite-me.
    Quanto a tratarmos idosos como crianças, é porque alguns realmente agem e se o fazemos, por vezes é para o seu próprio bem.
    Dou como exemplo minha mãe (e ela nem é tão idosa assim, tem quarenta e tantos, os "tantos" é um mistério ahaha), ela ficou quase duas semanas sem comer, desidratada e não tinha quem a fizesse convencer de que precisava ir ao hospital. Tivemos que levar na marra. E o mais injusto é que, quando um filho faz isto, se o pai ou mãe teimoso e que poderia morrer em casa, pode ser denunciado como "maus tratos ao idoso". Ou seja, há muita coisa que deve ser revista.
    Nem todo idoso é santo, nem todo filho é ingrato, por vezes, uma atitude aparentemente ruim é simplesmente para salvar uma vida.

    ResponderExcluir
  4. Que reflexão linda e comovente! Devemos valorizar, amar e respeitar os nossos pais sempre. O amor que nos dedicam é incondicional e precioso!
    Abraços carinhosos,
    Angela

    ResponderExcluir
  5. Boa tarde querida Sandrinha, sinto meus filhos como Anjos de asas aparadas e que no momento certo, sairam para encontrar no mundo um lugar onde possam criar sua propria familia e quem sabe, seguir nosso exemplo...Amo meus filhos e torço por eles sempre...Amemos pois eternamente!
    Bjin e fique bem...adorei teu post., muito me emocionou, obrigada!

    ResponderExcluir
  6. Que lindo texto San, creio que nesse mundo infelizmente os idosos são muito desrespeitados, só por que tornaram-se idosos. Isso não modifica em nada o que sentem por dentro, pois não fazemos mais que a obrigação cuidar deles que nos deram tanto amor e afeição.Respeito aos nossos queridos idosos é respeitar à si mesmo...bjocas querida ótimo domingo

    ResponderExcluir
  7. Adoro viajar e conhecer culturas diferentes, quem sabe um dia conhecerei o Japão é um dos meus planos para o ano que vem! amei o blog e já estou a perseguir, beijos de luz

    ResponderExcluir
  8. Ola San,td bem??? Eu, há mt tempo já me sinto 'pai e mãe'de meus pais!!!Meu pai já c 90anos, e minha mãe msm sendo um cadim mais nova, mais é analfabeta então, tenho q cuidar deles como se fossem meus filhos.Mais faço c td carinho e paciência,hj sendo mãe sei o qt fizeram por mim.Penso q só aprendemos a ser Filhos, depois de nos tornarmos Pais.Bjks

    ResponderExcluir
  9. Sandra que mensagem maravilhosa. Os meus paizinhos já têm 84 e 88 anos e o melhor que lhes posso dar é atenção e carinho. O meu pai tem alzheimer mas adora miminhos, sabe tão bem ver o seu sorriso lindo quando lhe dou um beijinho. Amiga, hoje deixei no meu cantinho um obrigado aos Amigos. É um miminho simples mas feito com carinho para agradecer a companhia na estrada da vida e porque seu cantinho é ESPECIAL, um espaço onde a qualidade e o bom gosto estão sempre presentes em todos os posts.
    Bom fim de semana
    Beijinhos
    Maria

    ResponderExcluir
  10. Querida Sandra, esse texto sábio e realista dispensa comentários, diz tudo...Espero que meu beijo , chegue aí do outro lado do planeta levando a você, todo o meu carinho!

    ResponderExcluir
  11. Olá Sandra. Estou aqui muito feliz com sua visita. Encantada com seu blog! Belos textos e imagens..... cheio de carinho e de grande personalidade. Adorei também a Nina! Tenho uma nina Também e três gatos todos siameses. Obrigada amiga! O texto é lindo e nos mostra a triste realidade. O tempo passa e a vida segue! Estarei passando por aqui. Bjos e todo carinho pra vc... ótima semana com paz e luz!

    ResponderExcluir
  12. Que linda homenagem! Que belas palavras! Fico encantada com o respeito e carinho que eles merecem... A minha mãezinha está com setenta e um vigor de uma menininha de vinte.rs.rs...
    Beijocas e abraços carinhosos!!!

    ResponderExcluir
  13. E não esquecer que amanhã nós estaremos lá, no lugar deles, também...

    Lindo e emocionante texto, Sandra! que todos façamos uma profunda reflexão em suas palavras...

    beijos com carinho

    ResponderExcluir
  14. ...muito bom...sensível...vivo...suave...emocionante...e o vídeo "casou" bem...Bjs!

    ps; tô levando o selo da Nina!

    ResponderExcluir
  15. Oi Sandra, saudades tbm.... to trabalhando então fica meio difícil postar!
    obrigada por lembrar de mim e do meu blog e obrigada pela visita!!

    bjoo**

    ResponderExcluir
  16. Quisera todo filho tivesse essa consciência.

    Um texto lindo, deveria ser uma cartilha para todos.

    Um beijo San

    ResponderExcluir
  17. OI Sandra,

    que excelente reflexão! Todos nós que temos filhos, vivemos esta preocupação na pele!

    Gostei muito desta frase:

    Ser pai ou ser mãe é provar os limites que constituem o sal e o mel do ato de amar alguém.

    Vou levá-la comigo!

    Beijos e obrigada pelo carinho no Palavras

    ResponderExcluir
  18. ♥ Olá ♥ Adorei o seu cantinho, muito lindo ♥

    ♥Adorei o Post, maravilhoso, o video é mesmo mito lindo, assim como o texto!♥

    ♥Você sabe usar as palavras sabe onde coloca-las, sabe como fazer uma pessoa se emocionar!♥

    ♥Vc é uma verdadeira escritora... Um ótimo Fim de Semana!♥

    ♥Beijos mil...♥

    ResponderExcluir
  19. Maravilhoso e verdadeiro esse texto, pra ler e reler...Lindo! beijos,tudo de bom,chica

    ResponderExcluir
  20. OI SANDRA!
    QUE SABEDORIA PASSADA POR ESTE TEXTO,CONFESSO QUE MEUS OLHOS FICARAM ÚMIDOS,PELA LEMBRANÇA DE MEUS PAIS,TOMARA QUE EU TENHA CONSEGUIDO SER PARA ELES O QUE ESPERO DE MEUS FILHOS.
    COMO SEMPRE DIGO, NOSSOS FILHOS NÃO VIERAM COM MANUAL, ENTÃO OS ERROS, FAZEM PARTE DO APRENDIZADO.
    ABRÇS
    http://zilanicelia.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  21. oI Sandra tudo bem querida?Que lindo texto esse..Todos os filhos deveriam ter essa conciência..
    Eu tenho dois meninos de 15 anos e 17 anos..
    Como é bom..
    adoro ser mãe..
    Sandrinha vim te ver retribuir a visita que fez esses dias e dizer quee vou ficar ausente agora amiga! pois vou me mudar de um estado para outro e agora tenho que me dedicar a bagunça que esta por aqui..rs
    Em janeiro volto....escrevi no meu blog um texto final.
    muitos beijos...e Ronrons do Felix para a Nina..
    beijocas
    titi

    ResponderExcluir
  22. MINHA QUERIDA
    AMIGUXA
    PARABÉNS QUE TEXTO MARAVILHOSO.
    MAIS ESTOU AQUI PARA TE PEDIR PARA VC DEIXAR A DATA DO SEU ANIVERSÁRIO. POIS QUERO PASSAR PARA A MINHA AGENDA.Olá anjo amigo!
    Se temos de esperar,
    que seja para colher a semente boa
    que lançamos hoje no solo da vida.
    Se for para semear, então que seja
    para produzir milhões de sorrisos,
    de solidariedade e amizade.


    Beijos na alma!
    BRISA

    ResponderExcluir
  23. Oi Sandra,

    Primeiramente quero a agradecer a gentileza e o carinho da sua visita.

    Quanto ao texto, eis uma realidade imutável com algumas exceções, é claro. Há filhos respeitosos, assim como há pais que não plantam nos filhos o amor.

    O certo é que, independente da história de cada um, havemos de respeitar e tratar com muito maor e doçura todos os velhinhos que nos cercam.

    Beijo,
    Inês

    ResponderExcluir
  24. OLÁ QUERIDA SANDRA!
    QUE TEXTO MARAVILHOSO DE ENCHER O CORAÇÃO, LINDO!!!

    BEIJOS,FICA COM DEUS!
    ANDRÉA...

    ResponderExcluir
  25. Oi Sandra
    Que linda reflexão.
    Prova incontestável de amor incondicional.
    Me emocionei também com o vídeo.
    Que saudade dos meus que já se foram.
    Amor que durou anos,dias,horas,minutos e até segundos, mas que agora é amor eterno.

    Lindo dia para você.

    Beijusssss

    ResponderExcluir
  26. Sandra, querida, costumo ensinar meu filho sobre a velhice e os ancestrais (que se foram) e os idosos com sua sabedoria que nos norteia sempre. Aos 50 anos que passou tão rapido, as vezes acordo e me lembro de coisas que fazia e falava aos 25. Preparo-me para envelhecer com relação à saúde, principalmente mental. Com relação aos meus pais, morreram muito novos,mas sempre foram cuidados e respeitados pelos meus 7 irmãos.

    ResponderExcluir
  27. Sandra,
    verdadeiro e emocionante este texto.
    Beijos, amiga

    ResponderExcluir
  28. Olá Sandra, tinha que comentar este texto que é lindo, um pouco triste e verdadeiro. Dá-me pena olhar para quem pensa, que nunca vai entrar na velhice. Tenho uma doçura em casa com 83 anos e que quase nem anda...todos os dias depois do banho vai correr a casa para fazer a caminhada e até vai até à escada. Temos que os mimar e entender. Lembro-me de uma história que meu avô contava...Havia um homem que já idoso o filho estava a preparar-se para o levar para o monte, para morrer lá sózinho. Era esse o costume o de levarem os velhinhos já no fim da vida para o monte. Chegados ao monte(pai e filho) e como estava muito frio o filho ofereceu um cobertor ao pai para se tapar. O pai aceitou e quando o filho voltou costas para se ir embora o pai rasgando o cobertor ao meio chamou-o e disse-lhe:
    Toma meu filho é para ti quando chegar a tua altura. É que os teus filhos podem nem te dar um cobertor.
    O filho olhou para o pai e comovido levou-o de volta para casa. Acabou assim a velha tradição. Adorei o texto. Beijos com carinho

    ResponderExcluir
  29. Lindo o texto e lindo o vídeo :)

    Fiz um post hj sobre Haicai, vai lá ver.
    Bjos e um ótimo dia pra vc!

    ResponderExcluir
  30. Adorei o texto e pude ver muitas coisas semelhantes dentro de minha própria família.
    Obrigada por postar coisas importantes e bonitas como esta.
    um grande abraço, carioca

    (também estou participando do Mosaico de lUz, no.31

    ResponderExcluir

Deixe o seu ♥♥♥

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...