Photobucket
"Sou um coração batendo no mundo"
Photobucket

Pombinha da Paz

"Por um mundo melhor"
Photobucket
"
Pombinha da Paz"
Se você quiser ajuda-la a dar volta ao mundo leve-a para seu blog também!
Você é oPhotobucket do Meu Cantinho no Japão...
Selinho de Participante....

Selinho de Participante...

♥ Corações ♥ do Meu Cantinho no Japão

segunda-feira, 31 de outubro de 2011

Acostumar-se

“Eu sei que a gente se acostuma. Mas não devia.
A gente se acostuma a morar em apartamentos de fundos e a não ter outra vista que não as janelas ao redor.
E porque não tem vista, logo se acostuma a não olhar para fora.
E porque não olha para fora, logo se acostuma a não abrir de todo as cortinas.
E porque não abre as cortinas, logo se acostuma a acender cedo a luz.
E à medida que se acostuma, esquece o sol, esquece o ar, esquece a amplidão.
A gente se acostuma a acordar de manhã sobressaltado porque está na hora.
A tomar o café correndo porque está atrasado.
A ler o jornal no ônibus porque não pode perder o tempo da viagem.
A comer sanduíche porque não dá para almoçar.
A sair do trabalho porque já é noite.
A cochilar no ônibus porque está cansado.
A deitar cedo, e dormir pesado sem ter vivido o dia.
A gente se acostuma a esperar o dia inteiro e ouvir no telefone: hoje não posso ir.
A sorrir para as pessoas sem receber um sorriso de volta.
A ser ignorado quando precisava tanto ser visto.
A gente se acostuma a pagar por tudo o que deseja e o de que necessita.
E a lutar para ganhar o dinheiro com que pagar.
E a pagar mais do que as coisas valem.
E, a saber, que cada vez pagará mais.
E a procurar mais trabalho, para ganhar mais dinheiro, para ter com que pagar nas filas em que se cobra.
A gente se acostuma à poluição.
Às salas fechadas de ar condicionado e cheiro de cigarro.
À luz artificial de ligeiro tremor.
Ao choque que os olhos levam na luz natural.
Às bactérias de água potável.
A gente se acostuma a coisas demais, para não sofrer.
Em doses pequenas, tentando não perceber, vai afastando uma dor aqui, um ressentimento ali, uma revolta acolá.
Se a praia está contaminada, a gente molha só os pés e sua no resto do corpo.
Se o cinema está cheio, a gente se senta na primeira fila e torce um pouco o pescoço.
Se o trabalho está duro a gente se consola pensando no fim de semana.
E se com a pessoa que a gente ama, à noite ou no fim de semana não há muito
o que fazer, a gente vai dormir cedo e ainda fica satisfeito porque tem sempre sono atrasado.
A gente se acostuma para não ralar na aspereza, para preservar a pele.
Se acostuma para evitar feridas, sangramentos, para poupar o peito.
A gente se acostuma para poupar a vida.
Que aos poucos se gasta e se gasta de tanto se acostumar, e se perde em si mesma.”
Clarice Lispector


13 comentários:

  1. Adorei este cantinho.bjs;)
    Teka Teranishi/JP

    ResponderExcluir
  2. Oi Sandra,
    que lindo o seu blog. Já estou seguindo...
    Muito obrigada pela mensagem.
    Beijos,
    Lilian

    ResponderExcluir
  3. Sandra, bom dia, amo seu blog, parabéns pelas palavras e pela pessoa gentil que vc é. Bjs e muita paz e felicidade!!!

    ResponderExcluir
  4. olá...
    vim agradecer tua visita e palavras ..
    e conhecer por aqui.. amei!
    já te sigo daqui..
    beijos perfumados..

    ResponderExcluir
  5. ...eu "acostumei" a visitar o seu lindo blog, e estou amandooooooooooo!!bjm

    ResponderExcluir
  6. Olá! Fico feliz que tenha gostado das dicas!!!

    Boa semana!
    Lambeijos da Nina!!!

    ResponderExcluir
  7. Adorei esse texto de Clarisse Lispector, é simplesmente maravilhoso e verdadeiro San, bjos boa semana

    ResponderExcluir
  8. Oi Sandra

    Teu espaço é como aquela casa de parentes que a gente sempre quer visitar. Lindo lindo tudo aqui.
    É sempre bom ler textos de Clarice Lispector.
    Beijusssss

    ResponderExcluir
  9. Verdade..nos acostumamos ao minimo... Clarice é musica para meus ouvidos... uma otima noite

    ResponderExcluir
  10. Nos acomodamos mesmo, que pena...
    Triste este texto de Clarice, que eu adoro. Mas é a realidade...

    É preciso correr atrás dos nossos sonhos, ter fé...só assim para não entrar nesse marasmo.

    Um beijo, San, com uito carinho!

    ResponderExcluir
  11. Bom dia Sandra!

    Adorei passear por aqui, cheguei através da Josy e fiquei feliz em ler vários textos maravilhosos, alguns conhecidos que devemos lembrar sempre, outros que ainda não conhecia, quero seguir o blog, mas tá dando uma mensagem que agora não é possível, estarei insistindo em nova visita, parabéns pelo blog!

    Beijos e bom feriado!

    ResponderExcluir
  12. Depois de 10 tentavivas...consegui me tornar seguidora!!!Ufa!Beijinhos.

    ResponderExcluir
  13. Penso que quando a gente se acostuma, tambem se acomoda e nada faz para mudar, evoluir...Temos que trabalhar a visão, o habito e a audição para que ja acostumados nao perdemos o tato, contato...Vamos pois, nos levantar e mudar enquanto ha tempo, para que nao nos acostumemos com a mesmice da vida, do cotidiano...bjin

    ResponderExcluir

Deixe o seu ♥♥♥

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...